sábado, 20 de novembro de 2010

O amor divino é essencialmente ativo....


O Espiritismo ensina que Deus é a Inteligência Suprema do Universo e a causa primária de todas as coisas.

Além de ser a origem de tudo, Ele sustenta o equilíbrio universal.

A Divindade não é uma personalidade, manchada pelas paixões humanas.

O Ser Supremo não tem favoritos ou perseguidos, não se ofende ou sofre.

A regência do Universo não se dá ao acaso de gostos ou opiniões de momento.

Deus rege o Cosmo com base em leis imutáveis e perfeitas, plenas de justiça e misericórdia.

O maravilhoso Estatuto Divino preside à evolução de todas as criaturas e ao gigantesco balé dos astros, em sua trajetória milenar.

Entretanto, Deus não se limita a observar o concerto cósmico a que deu início e que Suas leis perfeitas impulsionam e sustentam.

Ele se faz presente e operante na vida dos seres em evolução, em forma de Providência.

Jesus inovou o pensamento religioso ao apresentar Deus como um Pai amoroso.

O amor divino é essencialmente ativo.

Afinal, o Cristo afirmou que Ele e o Pai sempre estão a trabalhar.

O labor de Deus manifesta-se na forma de misericórdia na vida de Seus filhos.

É inerente a seres imperfeitos o cometimento de equívocos.

Apenas quem atingiu a perfeição não mais se equivoca.

No planeta Terra, somente Jesus apresentou-Se em estado de pureza espiritual.

Todos os outros Espíritos que aqui aportaram, por grandes que tenham sido, cometeram erros.

Se os Espíritos são livres em seu agir, respondem por tudo o que fazem.

Entretanto, a Providência Divina constantemente minora as conseqüências dos atos infelizes.

Essa atuação pode ser percebida nas mais variadas circunstâncias.

É freqüente que motoristas se distraiam no trânsito, mas poucas distrações têm consequências graves.

Na maior parte das vezes, os envolvidos apenas levam sustos que os incentivam a serem mais atentos.

Frases infelizes nem sempre captam a atenção dos destinatários.

Importantes descuidos com a saúde raramente geram enfermidades com o potencial previsível.

Nesses pequenos lances de sorte tem-se a Providência atuando.

Preste atenção na importância da compaixão Divina em sua vida.

Perante situações desagradáveis que lhe aconteçam, reflita se o seu agir não poderia ter gerado eventos ainda mais graves.

Lembre-se de desatinos que cometeu e que não impactaram o seu viver.

Mas principalmente entenda a finalidade da proteção que tem recebido.

Ela é o acréscimo de misericórdia em sua vida, não um incentivo a que siga inconsequente.

A título de gratidão, esforce-se em ser melhor e mais prudente a cada dia.

Fonte: Momento Espiríta

Nenhum comentário:

Postar um comentário