quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Michel Jackson, construiu seu milionário castelo de ilusão

Uma canção famosa no Brasil, sendo inclusive regravada em 1998 pela banda Titãs, acredito que, mais do que nunca, precisa ter sua letra relebranda à nossa juventude. A primeira parte da música diz assim: "Quem espera que a vida, seja feita de ilusão, pode até ficar maluco, ou morrer na solidão. É preciso ter cuidado pra mais tarde não sofrer. É preciso saber viver".

Lamentavelmente está foi a realidade da morte de Michael Jackson, achou que a vida era feita de ilusão e construiu seu milionário castelo de Peter Pan, mas morreu na solidão e endividado..

Apesar de que nesta semana não se fale em outra coisa na mídia internacional e nacional, não foi apenas Michael Jackson que desperdiçou sua única vida num mundo de ilusão, me vem à mente muitos outros, que como ele eram brilhantes, talentosos e habilidosos no que faziam.

Creio que vale a pena relembrar à atual geração que Marilyn Monroe, morreu também em Los Angeles, em 5 de agosto de 1962 com apenas 36 anos de idade, uma grande atriz, na verdade uma das mais famosas estrela do cinema de todos os tempos, um símbolo de sensualidade e um ícone de popularidade do século 20. Marilyn faleceu enquanto dormia em sua casa em Brentwood, na Califórnia.

A notícia foi um choque, propagada pelos meios de comunicação, explorando sobretudo o caráter misterioso em que o fato se deu, prevalecendo a versão oficial de overdose pela ingestão de barbitúricos; Elvis Presley, morreu em Memphis em 16 de agosto de 1977, aos 42 anos de idade. O que está provado é que ele se viciou em medicamentos, perdendo totalmente o controle a partir dos anos 70, quando o Dr. George Nickopoulos receitava abusivas doses de medicamentos para Elvis, culminando assim na sua morte em 1977; Robert Marley, mais conhecido como Bob Marley, que morreu em Miami, 11 de maio de 1981 com apenas 36 anos.

Foi um cantor, guitarrista e compositor jamaicano, o mais conhecido músico de reggae de todos os tempos, famoso por popularizar o gênero. Morreu de Câncer mas defendeu o uso da maconha abertamente e a droga lhe causou muitos problemas; Jimi Hendrix um dos maiores guitarristas de todos os tempos, morreu em Londres nas primeiras
horas de 18 de setembro de 1970, com apenas 27 anos de idade, em circunstâncias que nunca foram completamente explicadas.

Havia passado parte da noite anterior numa festa com a namorada, que em seu depoimento, disse que Hendrix teria tomado nove comprimidos de um remédio para dormir que ela utilizava. De acordo com o médico que o atendeu inicialmente, Hendrix tinha se asfixiado (literalmente afogado) em seu próprio vômito, composto principalmente de vinho tinto.

E agora Michael Jackson que entra para estatistica de astros mortos precocemente, morreu em Los Angeles, no dia 25 de junho. Foi cantor, compositor, ator, dançarino, publicitário, escritor, produtor, poeta, instrumentista, estilista, ilusionista e empresário. Mas apesar de tudo isto, morreu falido, porque não soube superar seus traumas.

Realmente é preciso saber viver! E se você não sabe, pergunte ao Criador que ele vai dizer. Davi fez exastamente esta oração: ôEnsina-nos a viver os nossos dias para que o nosso coração alcance sabedoria.õ Sl. 90:12.

Viva a sua vida, não disperse-a com prazeres inconsequentes, porque é preciso saber viver, para não ter uma morte abreviada e solitária. Você até pode viver sem Jesus, mas morrer sem ele, é que será um grande problema!


Fonte: Jornal Valeparaibano -SJC-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário